Mediunidade.

Na estrutura do corpo, há um chacra, o sexto, entre os olhos, ligado a glândula pineal,  chamado também de terceiro olho, que possibilita a sintonia com os planos etéricos, há indivíduos que optaram para nessa vida, ajudar a humanidade no seu desenvolvimento, e vem consequentemente com esse chacra mais ativado que a maioria das pessoas, tem um maior desenvolvimento das faculdades chamadas para normais: como ouvir ou ver o mundo astral, estas pessoas são os médiuns, geralmente são acompanhados por um guia espiritual; o problema é que esse guia pode ser da Luz ou das trevas, aí é que reside o perigo. É um dom pessoal, hereditário, para nós a pessoa pode aprimorar esse dom, mas nunca o desenvolver como querem alguns. A pessoa já nasce com esse dom porque em sua programação para uma nova vida, ela se dispôs a trabalhar, pelo outro, necessita de um trabalho intenso, para vencer o ego, que só quer aparecer.

Tem que ser humilde, ter desprendimento, se livrar ao máximo do orgulho e vaidade, não querer ser o dono da verdade; os médiuns que começam a se comparar, que se arrogam de melhores, terminam por ser abondonados pelos guias de Luz, e ficam acompanhados pelos obsessores, perdendo a boa mediunidade e seu compromisso de ajudar o próximo.

AURA, ENERGIAS ETÉRICAS, OBSESSORES

Nosso corpo físico é contornado por um campo eletromagnético, que é conhecido como aura, duplo etérico, corpo astral, etc. Na aura é onde ficam os resíduos que adquirimos, baseados na lei Kármica, são energias geralmente negativas, ou entes do plano astral, os obsessores, que sugam e sujam a nossa aura, tornando-a escura. A classificação de obsessores é variada, para este tratamento levamos em consideração três tipos de obsessores: Obsessor kármico, entidade doente e entidade de feitiçaria.

O primeiro é chamado assim porque foi adquirido em outra encarnação, e já está há longo tempo nos perseguindo, vida após vida, é um inimigo de outras vidas, guarda um ódio enorme, tudo que pode fazer para nos atrapalhar, é feito e com a vantagem de passar 24 horas em vigília, até nos sonhos nos persegue; é grande a incidência desta obsessão na humanidade, apesar das pessoas se acharem boas. Em 25 anos de com esse trabalho, só nos lembramos de um caso que a pessoa não tinha obsessor; é bom lembrar que terra é um planeta de expiação, quem está aqui é porque tem dívidas com a expiritualidade. O obsessor torna nossa aura escura, desequilibrando energeticamente o organismo, os chacras, até provoca doenças, no cérebro, pode provocar lesões na mente etérica, provocando doenças mentais, vista por videntes, não são detectáveis ao eletroencefalograma.

O entidade doente, é uma entidade que conserva as características pós morte, da vida pregressa. Não se recorda que faleceu; como no plano astral existe o que se chama “ideoplastia”, o espírito é o que pensa, se mantém com a memória da deficiência em vida, quase todos já passaram por esse tipo de obsessão. Dependendo da afinidade energética, permanece próximo a pessoa tentando se comunicar, as vezes tentando ajudar um familiar, como não é percebido permanece assim por longo tempo, porém transmite os sintomas de suas doenças e o obsidiado também adoece.

O terceiro tipo, entidade de feitiçaria, e o vodu, é o tipo de obsessão encomendada, os feiticeiros são pessoas negativas, que aprenderam a manipular a energia sutil, más só fazem para o mal, hipnotizam as entidades no astral, fazem as oferendas, ou despachos, com estas entidades aéticas, se utilizam geralmente de algum objeto da pessoa, como endereço. Não é bom colocar sua fotografia nesses sites de relacionamentos, pois você está dando ouro ao bandido. É muito comum este tipo de obsessão, podem matar, ou enlouquecer, provocar acidentes, falir, acabar casamentos, etc.
No vodu as energias negativas são enviadas, através de bonecos que ficam nos terreiros sintonizados com a energia das pessoas.

SINTOMAS ASSOCIADOS

Os elementos acima, pertencem todos ao plano astral inferior, que é o plano mais próximo do físico, é o plano que o homem se depara logo após a morte. Como é necessária uma limpeza da aura, para se abordar planos elevados, o tratamento aqui mostrado é de vital importância. Há uma verdadeira patologia do corpo sutil como vimos acima, que está sendo já aceita pela medicina holística, e acreditamos ser um grande passo para a medicina do futuro. Geralmente a pessoa acometida por obsessões, tem má sorte em tudo, tem distonia, doenças pesquisadas exaustivamente sem causa aparente, estados depressivos, mania de perseguição, a síndrome do pânico, pode ser exarcebada com a obsessão.
Casos de violência, o uso de drogas, quase sempre há obsessor provocando a desarmonia.

DIAGNÓSTICO

O diagnostico dessas, anomalias espirituais, é feito por videntes, que são pessoas com capacidade de ver o plano astral, e assim prescrever o tratamento adequado a cada caso.
Como a percentagem de obsessão é alta, e, se houver suspeita pelos dados acima de obsessão, os procedimentos descritos abaixo, que podem ser utilizados para os tratamento desses casos, e que podem ser feitos em casa por um familiar ou amigo.
Crises psicóticas, em que o indivíduo desconhece as pessoas, se torna violento, o tratamento pode ser feito, porém deve-se procurar, um vidente para um diagnóstico.
O diagnóstico pode ser feito a também a distãncia por um vidente com uma foto e endereço da pessoa.
Vale salientar que, deve-se procurar um médico para afastar qualquer doença, após isto é que deve-se procurar o tratamento espiritual.
Cada procedimento tem as suas instruções, devem ser seguidos item por item, pode ser feito em qualquer local, precisa de concentração no trabalho a ser feito. Pessoas de qualquer religião podem utilizar os tratamentos, familiares podem fazer para crianças e doentes mentais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s